sexta-feira, 7 de julho de 2017

Poliglotas


Resultado de imagem para homo erectus

Segundo um artigo de Gaia Vince, no sítio Mosaic (07-08-2016), dado à estampa no mais recente número da edição portuguesa do Courrier Internacional (Julho 2017, nº257, pp.40-42), 60 a 75% das pessoas, em todo o mundo, falam pelo menos duas línguas. A África do Sul tem 11 línguas oficiais. E, segundo a referida peça, "investigadores têm vindo a descobrir que falar mais do que uma língua é benéfico para a saúde: recupera-se mais rapidamente de um AVC e as demências aparecem numa fase mais tardia". Mas, simultaneamente, este é um mundo que "perde línguas a um ritmo nunca antes visto (uma de duas em duas semanas), metade destas poderá estar extinta no final do século". Ser de palavra, o humano terá começado a palavrear há 250 mil anos: "as primeiras palavras podem ter sido proferidas há 250 mil anos, quando os nossos antepassados passaram a andar erectus; ao libertar a caixa torácica de tarefas mais pesadas, foi possível maior controlo dos nervos da respiração e o desenvolvimento da voz e sua modulação. Do controlo da língua ao aparecimento de vários idiomas foi um pequeno passo".

Sem comentários:

Enviar um comentário