domingo, 9 de julho de 2017

A agenda 'democrata' (norte-americana)


Esta semana, Fareed Zakaria, abonando-se em um conjunto de estudos pós-eleitorais (pós-presidenciais) nos EUA mostrou que o problema que se coloca aos democratas não passa, propriamente, pela sua agenda económica - que os dados revelam ter um apoio largamente maioritário na população norte-americana: saúde, salário mínimo, segurança social... -, mas, antes, nas questões culturais e sociais (imigração, casamento gay). A necessidade de vinculação emocional e compreensão com o ponto de vista de uma certa classe média norte-americana será, assim, um pré-requisito para o próximo candidato presidencial democrata (mas mais do que isso, um desafio para todo o partido). Ainda no GPS, Zakaria delineou um possível confronto entre Mark Warner - apontado como pró-business - e Elisabeth Warren - de uma linha Bernie Sanders. Todavia, entrevistado no programa, o senador Warner começou por dizer que o "sistema" está hoje em causa, sendo este "um capitalismo voltado para o curto prazo", sendo que o futuro deverá passar por benefícios a empresas que promovam a formação dos seus trabalhadores, incentivos para que invistam no longo prazo, foco para que entre os accionistas remunerados se encontrem os trabalhadores.  

P.S.: no plano das curiosidades, pelo GPS fiquei a saber que D.Quixote é considerado o romance mais vendido de sempre.

Sem comentários:

Enviar um comentário